SOBRE OS IRMÃOS DE SÃO GABRIEL

A Congregação dos Irmãos de São Gabriel é dentro da Igreja um instituto de Vida Religiosa Consagrada, de direito pontifício, presente atualmente nos 5 continentes.

 

Nossa congregação nasceu na França, país natal de São Luís, nascido na cidade de Montfort. Depois que começou a evangelizar o povo, ele se sentiu movido pelo Espírito Santo a suscitar discípulos que, à imitação dele, vivessem o Evangelho "do jeito dos apóstolos". Para ajudá-lo em sua missão chamou ele alguns Irmãos, fê-los partilhar seu modo de vida e "os uniu a si pela obediência e pela pobreza" em 1715.

 

Ao morrer, ele os confiou à Providência para que continuassem a sua obra, especialmente por meio "das escolas gratuitas". Em 1722, a comunidade se estabeleceu em Saint Laurent-sur-Sèvre, onde já se encontravam as Filhas da Sabedoria, lideradas por Maria Luísa de Jesus. Os Irmãos viviam com os sacerdotes, formando a Comunidade dos Missionários do Espírito Santo. Além das escolas para os pobres, os Irmãos se dedicavam às missões e ao serviço da casa.

 

Tornando-se superior das comunidades monfortinas, em 1821, Gabriel Deshayes, apaixonado pelo ensino dos surdos-mudos, deu novo impulso aos Irmãos. Em 1824, mais de 40 noviços pronunciaram os votos de castidade, pobreza e obediência. O rápido aumento do número dos Irmãos dedicados à tarefa de ensinar levou-o a organizá-los em Instituto autônomo, denominado "Irmãos da Instrução Cristã do Espírito Santo", o qual, depois de sua morte, em 1841, se tornou independente.

 

Desde então, este Instituto, que foi reconhecido legalmente na França em 1853 sob a denominação de "Irmãos da Instrução Cristã de São Gabriel", se desenvolveu e se entregou à educação das crianças do povo, dos surdos e dos cegos. No fim do século XIX, ele atravessou as fronteiras da França para se estabelecer no Canadá e, depois, em vários países da Europa. Atualmente a sua atividade missionária se estende a todos os continentes, na fidelidade à Igreja e às suas origens. 

 

(Seguindo os passos de Montfort - Introdução Regra de Vida, Constituições e Estatutos Gerais, 1986)

 

Nossa filosofia

Desejamos seguir Jesus Cristo e viver de forma profunda nosso batismo, nos consagrando a Ele, para que, como Irmãos, possamos auxiliar na construção do Reino de Deus. Dispostos a dizer como Maria: 'Faça-se em mim segundo a tua palavra', somos discípulos e missionários de Jesus, por Maria, à maneira de São Luís Maria Grignion de Montfort. 

Devoção Marial

Colocamo-nos sobre a proteção materna de Maria Santíssima na certeza de que, como nos diz São Luís de Montfort, se Deus escolheu Maria para que Jesus viesse ao mundo, é também por meio dela que nós chegaremos à Deus. "A devoção à Maria é um caminho mais fácil, curto, perfeito e seguro para se chegar à união com  Deus". (Tratado da Verdadeira Devoção, 152)