A FAMÍLIA MONFORTINA

A Congregação das Filhas da Sabedoria é a primeira "filha" desta grande família monfortina. Elas nascem de um encontro providencial de São Luís de Montfort e da Beata Maria Luísa de Jesus.

 

Logo após ser ordenado São Luís tinha a vontade de sair em missão, mas os planos de Deus eram outros naquele momento. Tanto que pelo fim de 1701 Montfort vai para o Hospital Geral de Poitiers, onde conhece Maria Luísa Trichet.  Por incentivo de sua irmã, Maria Luísa vai buscar confissão com o padre recém chegado, e ouve dele: "Não foi a sua irmã que lhe enviou. Foi a Santa Virgem quem enviou você aqui!"

 

Maria Luísa já alimentava o desejo de ser religiosa, e Montfort procurava um grupo de mulheres que pudessem cuidar dos pobres do hospital com verdadeiro amor apostólico. Maria Luísa será a primeira irmã da nascente congregação, e mais do que isto, ela será Cofundadora das Filhas da Sabedoria.  Com o passar do tempo, São Luís vai recrutar suas filhas para ajudá-lo também na educação das meninas carentes, já que os irmãos poderiam ensinar somente aos meninos.  A regra de vida das irmãs foi aprovada em 1715.

 

Atualmente as Filhas da Sabedoria se dedicam à educação dos mais carentes e também ao cuidado dos que mais sofrem, nos hospitais ou em ações pastorais. As Irmãs não tem mais casa no Brasil, mas estão em mais de 20 países no mundo.

São Luís foi um grande e incansável missionário. Ia aonde ninguém queria ir, chegava onde poucos haviam chegado. E ele sonhava constituir uma pobre e pequena companhia que pudesse se ocupar de evangelizar no campo e nas cidades, principalmente aos que ainda não tinham tido a oportunidade de conhecer a boa nova de Jesus Cristo.

 

Do desejo de Montfort, nasce em 1716 a Companhia de Maria, atualmente mais conhecida como Padres Monfortinos. Os padres e irmãos monfortinos se dedicam ao serviço nas paróquias das periferias ou de regiões afastadas, onde evangelizam através do espírito missionário de São Luís, mas principalmente levando às pessoas os dois grandes ensinamentos de Montfort para se chegar à santidade na terra: a renovação das promessas batismais e a consagração à Jesus pelas mãos de Maria.

 

Através dos escritos monfortinos os padres animam as pessoas da comunidade a tomarem consciência de seus votos realizados no batismo e de como esta adesão deve levar à uma atuação social e cristã comprometida com a busca da justiça e fraternidade. A consagração é uma maneira de colocar-se sobre a proteção materna de Maria no intuito de aprender dela a adesão total à Jesus.

 

Os Padres Monfortinos, como nós, acompanham também os leigos que buscam na espiritualidade monfortina este caminho de crescimento na fé. Hoje, eles possuem comunidades em São Paulo, em Minas Gerais e no Pará.

Muitas pessoas conhecem os escritos de São Luís, ainda mais hoje em dia com a facilidade de acesso criada pela internet e os meios de comunicação. Mas algumas pessoas desejam conhecer ainda mais sobre a espiritualidade monfortina e fazer de sua vivência nas famílias e no mundo do trabalho uma resposta concreta pela busca de mais fraternidade e justiça.

 

"Por que não fazer conhecer a espiritualidade monfortina? Ela é tão rica que não podemos guardá-la somente para nós!"  Este foi o grande questionamento feito pelos Irmãos Luciano e José Carlos, na década de 90 e frente aos leigos e leigas que buscavam conhecer mais sobre a espiritualidade monfortina.

 

O primeiro encontro aconteceu em 1995, por ocasião  da celebração dos primeiros votos de Ir. Luciano. Depois deste primeiro encontro algumas pessoas desejavam continuar as reuniões e aprofundar os estudos dos escritos e da espiritualidade de Montofort. Com o tempo, a busca por consagrar-se totalmente a Jesus por Maria veio como consequência lógica.  Aos poucos os GAMOs foram sendo criados nos locais onde estavam os Irmãos de São Gabriel e os Padres Monfortinos.

 

Atualmente os GAMOs estão presentes em várias cidades mineiras, paulistas e também no Rio de Janeiro. Eles se reunem periodicamente para estudos, preparação para a consagração, encontros, retiros, e também se reunem 3 vezes ao ano com os outros GAMOs. Se você deseja fazer parte desta família e criar um grupo GAMO aí perto de você entre em contato conosco.

 

 

São Luís Maria de Montfort foi um jovem a frente de seu tempo. Era chamado por vezes jovem missionário, por outras de louco, loucura que ele vai atribuir à Cruz, a Loucura de um Deus que se entrega pelos pecadores.  Foi sempre marcado pelo ânimo, entusiasmo e dinamismo, próprios da juventude.

 

A juventude atual continua trazendo este espírito renovador para a Igreja, espírito de quem questiona as estruturas viciadas e busca novos caminhos que levem à Deus mas respondam aos desafios de seu tempo. Os jovens que participam da família monfortina são de uma maneira parte dos GAMOs. Mas como são jovens, tem uma dinâmica diferente e nova de estudar e aprofundar a espiritualidade monfortina.

 

Através de seus encontros com muita música, dinâmicas e diversão os jovens buscam conhecer mais este grande missionário para também tornarem-se missionários da juventude. Elementos fortes da espiritualiade de Montfort como a oração do rosário, os retiros espirituais para os leigos e as peregrinações marianas fazem parte do dia a dia destes grupos. Uma espiritualidade mariana sempre atual, que encanta muitos e muitos jovens nos dias atuais.

 

Existem no mundo alguns movimentos de jovens ligados à espiritualidade monfortina e acompanhados pelos Irmãos de São Gabriel e pelos padres monfortinos. No Brasil, o primeiro grupo juvenil foi criado agora em 2015, na nova Paróquia de São Luís Maria Grignion de Montfort, em Passos-MG. Mais próximo de nós, na América Latina existe o Movimento Juvenil Monfortino, dos jovens da Colômbia, que possuem grupos espalhados por todo este país.

A Espiritualidade de São Luís Maria de Montfort é uma riqueza muito grande dentro da Igreja e continua animando a fé e o seguimento de muitos homens e mulheres.  Após da morte de Montfort, um grupo de mulheres já se alimentavam de sua espiritualidade, que iria dar origem à Congregação das Filhas da Sabedoria. Logo depois, uma nova comunidade sonhada por São Luís tornaria-se também realidade, a Companhia de Maria (Padres Monfortinos). Nós, o Instituto dos Irmãos de São Gabriel somos mais um dos ramos desta árvore, que atualmente conta também com leigos e leigas que buscam vivenciar em suas vidas os ensinamentos de Montfort.

Copyright © 2019 Congregação dos Irmãos da Instrução Cristã de São Gabriel.  Todos os direitos reservados.                  Criado por Wix.com