NOSSA HISTÓRIA

Nos passos de Montfort


Os Irmãos da Instrução Cristã de São Gabriel tem sua origem com São Luís Maria Grignion de Montfort, que nasceu em 1673 na pequena cidade de Montfort, na França, e faleceu em 1716, com apenas 43 anos.

 

Primeiro ele fundou um instituto de freiras, as Filhas da Sabedoria e em seguida um outro de padres e irmãos, chamado Missionários do Espírito Santo - representados na figura abaixo, São Luís que faz a entrega do hábito para Maria Luísa de Jesus, primeira Filha da Sabedoria, ao lado, em pé, o Pe. Mulot, primeiro superior da Companhia de Maria e Irmão Maturino, primeiro irmão que trabalhou nas escolas ao lado de Montfort.

No início um mesmo superior geral orientava os padres, os irmãos e as irmãs. Montfort tinha também leigos que o seguiam, auxiliando em sua missão, dentre eles um principal, considerado o primeiro dos Irmãos de São Gabriel, Maturino, mas que nunca quis pronunciar oficialmente os votos, embora os observasse. A casa-mãe dos institutos monfortinos fica em Saint Laurent-sur-Sèvre, no norte da França, onde Montfort morreu e foi sepultado.

 

No momento de sua morte, ele confiou a continuação de toda sua obra à Divina Providência, particularmente as "Pequenas Escolas Gratuitas", que ele tinha iniciado e colocado em missão os irmãos (para meninos) e as irmãs (para meninas). Com a morte de São Luís, o ramo masculino da família monfortina ficou sem orientação direta até 1722, quando o Pe. Renè Mulot é eleito e torna-se o primeiro superior dos Missionários do Espírito Santo, vindo a se estabelecer em Saint Laurent-sur-Sèvre, perto da comunidade das Filhas da Sabedoria, que tinha como madre a Ir. Maria Luísa de Jesus. Neste período, os padres (responsáveis pelas missões, principalmente nas áreas rurais e periféricas) e os irmãos (responsáveis pelas escolas) formavam uma mesma comunidade. Além de ensinar nas escolas caritativas, os irmãos também se dedicavam ao trabalho nas missões e outros serviços manuais.  

Re-fundação

 

Passados quase um século, em 1821, o Pe. Gabriel Deshayes torna-se o sétimo superior geral das comunidades monfortinas e encontra a comunidade com apenas 7 padres e quatro irmãos. Com seu zelo ardente o número de padres e principalmente de irmãos cresce rapidamente. Deshayes, que já tinha criado escolas para surdos-mudos antes de ingressar na Companhia de Maria, tinha um apreço especial pela missão educativa e deu novo impulso aos irmãos que se dedicavam aos colégios. Entretanto havia um impedimento legal para este trabalho, já que o Instituto dos Missionários Monfortinos não tinha aprovação do governo para trabalhar na educação. Outra questão com a qual Deshayes se deparou é que havia entre os Irmãos um pouco de desavenças visto que alguns estavam se dedicando exclusivamente ao ensino, enquanto outros continuavam nas tarefas domésticas e manuais. 

 

O rápido crescimento do número de Irmãos de ensino fez com que Gabriel Deshayes desse a eles uma organização separada: para resolver a questão legal do trabalho nos colégios, Deshayes resolve registrar, em 1823, a partir de sugestões, o Instituto dos Irmãos da Instrução Cristã do Espírito Santo, da qual ficariam fazendo parte os irmãos que se dedicavam ao ensino. E para resolver a questão da diferença entre os irmãos de ensino e os irmãos de serviço o Pe. Deshayes decide dar mais autonomia ao novo Instituto criado nomeando um diretor geral, o Ir. Agostinho, e um sub-diretor e mestre de noviços, o Ir. Simeão. 

O trabalho nos colégios ia se devolvendo cada dia mais, bem como as missões pregadas pelos padres com a ajuda dos irmãos. Em 1835, o número de padres e irmãos era tão grande que a Casa do Espírito Santo já não os comportava mais. Por isso, uma parte dos irmãos (os que se dedicavam ao ensino) foi transferida para uma nova casa, a Casa Supiot, comprada das Filhas da Sabedoria, que passou a se chamar Casa São Gabriel, uma homenagem ao superior Gabriel Deshayes. Com o tempo as pessoas passaram a chamar os Irmãos do Espírito Santo de Irmãos de São Gabriel, devido ao nome da casa. O Instituto se tornou independente depois da morte de Gabriel Deshayes, em 1841.

 

De lá para cá, o Instituto que foi reconhecido legalmente na França em 1853 sobre o nome de Irmãos da Instrução Cristã de São Gabriel,espalhados em todo o país, assumindo a missão de educar os filhos da classe trabalhadora e também as pessoas portadoras de necessidades especiais. No fim do século XIX, os Irmãos cruzaram as fronteiras da França para se instalarem no Canadá, nos Estados Unidos e Egito e também na Ásia e Europa já no início do século XX. Somos desde 1910 uma congregação de direito pontifício, e hoje estendemos nossa ação missionária em todos os continentes do globo terrestre num espírito de fidelidade à Igreja e suas origens.

Copyright © 2019 Congregação dos Irmãos da Instrução Cristã de São Gabriel.  Todos os direitos reservados.                  Criado por Wix.com