Igreja da América Latina celebra Dom Oscar Romero

GettyImages_74809618_edited.jpg

A Igreja de El Salvador, juntamente com todos os países da América Latina aguardam ansiosos a beatificação de Dom Oscar Romero, Arcebispo de San Salvador, assassinado em 1980 pelo governo militar que comandava o país naquela época. A celebração será amanhã, dia 23 de Maio, em seu próprio país. Oscar Romero foi sagrado bispo auxiliar em 1970 e assumiu a Arquidiocese de San Salvador 7 anos mais tarde.

Encontrando o país já em conflito civil, viu-se em meio ao golpe militar de 1980 em que o presidente Carlos Humberto foi deposto. Um número cada vez maior de salvadorenhos estava morrendo de maneira trágica nos conflitos armados. Só naquele ano foram mortos cerca de 1015 pessoas. Dom Oscar Romero, em defesa de seu povo pobre e contra a falta de atitude do governo para resolver os conflitos internos, a interferência internacional e as injustiças praticadas pelos grupos armados tomou um posicionamento firme e defendendo a ação não violenta da Igreja e seus fiéis para defender a dignidade e vida humanas.

Segundo nota da Arquidiocese de San Salvador, a data é marcante: "É a beatificação do salvadorenho mais conhecido e amado em todo o mundo por seu amor aos pobres, à justiça, à verdade e à Igreja. Sua vida, dedicação e entrega até o final são sinais eloquentes do compromisso de um pastor que assumiu o risco de morrer por defender seu rebanho e as pessoas mais frágeis”